Declaração Corporativa Hollister COVID-19 e atualização da cadeia de suprimentos Leia Mais

Retornar à rotina após uma lesão na medula espinhal

No início, pode ser difícil imaginar a sua vida após uma lesão na medula espinhal. Explore estas dicas que podem ajudá-lo(a) a voltar para uma rotina diária.

Returning to Everyday Life after a Spinal Cord Injury

Voltar a uma rotina diária após uma lesão na medula espinhal.

Ao fazer a transição do hospital para casa, você provavelmente terá muitas dúvidas sobre a sua recuperação e sobre como será a sua nova vida. A sua equipe de assistência médica irá prepará-lo(a) para o que você pode esperar ser capaz de fazer, ou o que é chamado de “desfechos funcionais”.

Cada pessoa com uma lesão na medula espinhal é diferente em termos da capacidade de desempenhar atividades. A função depende da lesão, que é única para cada indivíduo, e da gravidade da mesma, sendo frequentemente referida como “completa” ou “incompleta”. O importante é que você obtenha a ajuda de que você precisa para voltar à vida do dia a dia com o mínimo possível de problemas.

Eis aqui algumas das atividades principais que você e a sua equipe de assistência médica realizarão para facilitar a sua transição.

Preparar você para o sucesso

A sua reabilitação envolverá a aprendizagem de novas habilidades. Essas habilidades começam com as mais básicas, como sentar e sair da sua cadeira de rodas com segurança, ir ao banheiro e tomar banho. Mas em breve você progredirá para habilidades mais avançadas, como dirigir um carro equipado especialmente, aprender um novo esporte outras formas de se manter em movimento e envolvido(a) socialmente.

Você também dependerá de alguns equipamentos. A sua equipe o(a) ajudará a determinar o tipo de cadeira de rodas mais adequado para você. Talvez você precise de uma cadeira para o chuveiro ou de um banco para entrar e sair da banheira com segurança. E talvez você precise também de equipamentos especiais para gerenciamento do intestino e cuidados da bexiga.

O seu fisioterapeuta poderá também recomendar algumas modificações à sua casa. Elas podem incluir rampas e corrimãos para facilitar seus deslocamentos e produtos que facilitam o acesso a armários, bancadas e outras áreas.

Durante esse período, haverá muitas mudanças e coisas novas para aprender. Mais cedo ou mais tarde você dominará todas as habilidades de que precisa e terá todos os equipamentos adequados e o acesso à sua casa para poder desempenhar as atividades do dia a dia com facilidade.

Motive-se com metas

Uma parte muito importante da sua recuperação consiste em estabelecer metas a serem alcançadas. Embora as metas de cada pessoa sejam diferentes, o plano geral é tender a retomar a sua vida e voltar da melhor forma possível às rotinas e atividades de que você desfrutava antes da lesão. Os indivíduos que estabelecem metas pessoais relatam ter maior satisfação e uma melhor adaptação à vida após a lesão.

Algumas dicas práticas para estabelecer metas:

  • Comece com metas pequenas e frequentes que você possa alcançar diariamente. O seu fisioterapeuta poderá recomendar algumas metas alcançáveis.
  • Quanto às metas pessoais de longo prazo, pense naquilo que você desejava da vida antes do acidente. Talvez seja possível tentar alcançar as mesmas coisas.
  • As metas de vida, como obter um diploma universitário, arranjar um ótimo emprego, casar-se ou construir uma família podem ser mais desafiadoras, mas provavelmente ainda estão ao alcance
  • identifique a ajuda de que você precisa para alcançar suas metas, como equipamento informático adaptado ou pessoas ou recursos de organizações relacionadas com lesão na medula espinhal 


A sua saúde geral

Além de gerenciar a sua lesão na medula espinhal, é importante manter a sua saúde geral. Os tipos de exames e testes necessários variam de acordo com a sua idade, sexo e histórico clínico.

Eis aqui algumas recomendações de coisas a fazer relacionadas com a saúde:

  • Faça um exame médico completo e tome a vacina contra a gripe uma vez por ano
  • Faça um exame urológico anual, o que pode incluir um teste urodinâmico (estudos especiais sobre a bexiga)
  • Monitore o seu peso corporal. A sua meta deve ser manter o seu peso normal.
  • Faça exercícios regularmente, alimente-se de forma saudável e não fume. Os seus riscos de ataque cardíaco e derrame são os mesmos que o das pessoas que não têm lesão na medula espinhal.