Declaração Corporativa Hollister COVID-19 e atualização da cadeia de suprimentos Leia Mais

Dicas para evitar a coceira periestomal (e o que fazer se você já sente coceira)

A coceira na pele em torno do estoma, ou pele periestomia, pode ser um problema frequente, mas não deve ser considerado normal. Conheça as causas comuns da coceira periestomal e o que você pode fazer para tratá-la.

Tips for Avoiding Peristomal Itching and What to do if You Already Feel Itchy

Obtenha dicas para evitar coceira na pele periestomia.

A coceira na pele periestomia, uma condição denominada prurido, pode ser crônica e difícil de tratar. Algumas pessoas apresentam coceira mesmo se a pele tem um aspecto saudável. Apesar disso, há muitas coisas que você pode fazer para prevenir ou lidar com esse problema comum.

Entender a coceira periestomal

Para entender melhor a coceira periestomal, nós fizemos uma pesquisa junto a enfermeiros estomaterapeutas e seus pacientes. O objetivo era comparar suas experiências com esse problema. Os resultados foram bastante surpreendentes:

  • A coceira periestomal foi relatada por 87% das pessoas com estomas; no entanto, em 36% dos casos, a pele tinha aspecto saudável — sem rachaduras, vermelhidão ou erupções*
  • 71 cento dos profissionais de enfermagem que participaram da pesquisa declararam lembrar de algum momento em que os pacientes relataram prurido periestomal, mas a pele estava intacta e sem vermelhidão*
  • Os profissionais de enfermagem incentivam os pacientes a relatar a coceira na pele periestomia, mas em geral os pacientes não a relatavam aos profissionais da saúde*

 

Existem muitas causas possíveis para a coceira periestomia. Duas doenças que notoriamente causam esse tipo de coceira são a candidíase (uma infecção micótica da pele) e a dermatite.

Sobre a candidíase

A candidíase é uma infecção micótica da pele conhecida como causadora de coceira intensa. A candidíase geralmente pode ocorrer quando a pele periestomal está quente e úmida. Pode ser também consequência de um vazamento de líquido pelo estoma sob a barreira, ou de medicamentos, por exemplo um antibiótico.

Eis aqui algumas dicas para evitar a candidíase:

  • Reduza a umidade garantindo que o sistema de bolsa esteja ajustado corretamente em torno do estoma
  • Seque o sistema de bolsa imediatamente após tomar banho, nadar ou qualquer exposição à água
  • Use pó antimicótico para absorver a umidade da pele gretada e tratar a infecção micótica. Ao usar pó antimicótico, certifique-se de remover o excesso antes de aplicar o sistema de bolsa. Interrompa o uso do pó quando a pele estiver curada, não estiver mais úmida ao toque e a erupção tiver sido resolvida
  • Não use creme antimicótico sob o sistema de bolsa, pois isso fará o equipamento perder a aderência
  • Enfrente e resolva todos os eventuais problemas de vazamento junto ao seu enfermeiro estomaterapeuta

 

Sobre a dermatite

dermatite, conhecida também como dermatite irritante, pode ser causada por uma substância irritante para a pele, como as que se encontram em sabonetes, loções e outros produtos. Ou pode ser consequência de exposição da pele à excreção do estoma devido a um vazamento. A dermatite alérgica é causada por uma reação a um irritante ou alérgeno específico.

Eis aqui algumas dicas de prevenção:

  • Certifique-se de que a abertura da sua bolsa está de acordo com seu estoma. Use uma guia de medição de estoma periodicamente para verificar se ocorreram alterações no tamanho ou na forma dele
  • Trabalhe em colaboração com o seu enfermeiro estomaterapeuta para determinar quais são os produtos mais adequados para você. Uma barreira de pele convexa (em vez de uma barreira plana) ou um anel de hidrocoloide, quando necessárias, podem ajudar a assegurar um ajuste adequado e prevenir vazamentos
  • Siga uma rotina de cuidados da pele simples. Ao cuidar da pele ao redor do estoma, menos vale mais. Para a maioria das pessoas, água é suficiente para limpar a pele
  • Enfrente os eventuais problemas de vazamento junto ao seu enfermeiro estomaterapeuta

 

Outras causas de coceira periestomal

A coceira periestomal pode ser decorrente de outras causas, algumas das quais não geram sinais visíveis de danos à pele. Embora o vazamento permaneça como um dos principais fatores que contribuem para a coceira, a nossa pesquisa mostra que o calor e a umidade também podem contribuir. O ressecamento também é uma causa comum de coceira da pele em torno do estoma, tendo a pele uma aparência saudável em outros aspectos. Se você tem coceira, um primeiro passo simples e fácil é remover e substituir a bolsa — aproximadamente 79 por cento dos participantes da pesquisa disseram que isso reduziu a coceira.

Se você tem coceira na pele periestomia constantemente, se acha que tem candidíase ou alguma forma de dermatite, ou se suspeita que tem qualquer outra complicação da pele periestomia, entre em contato com o seu enfermeiro estomaterapeuta.

*Com base em uma pesquisa junto a 164 pacientes. Consumer Survey of Pruritus, 2016. Dados da Hollister arquivados.