Declaração Corporativa Hollister COVID-19 e atualização da cadeia de suprimentos Leia Mais

Conversando com seu médico sobre incontinência urinária

Você se sente desconfortável ao pensar em conversar com seu médico sobre incontinência urinária? Descubra como superar esse obstáculo e obter os cuidados de que precisa e aprenda que perguntas você pode fazer.

Diagnosing Bladder Disorders

Obtenha dicas sobre como falar sobre incontinência urinária com seu médico.

O tratamento da incontinência urinária começa conversando com seu médico. Para muitos, entretanto, isso não é muito fácil. Pessoas com problemas de controle da bexiga podem sentir vergonha de falar com seu médico sobre seus acidentes ou necessidade repentina de urinar. Os idosos geralmente aceitam incontinência frequente ou outros problemas urinários como parte do processo de envelhecimento.

No entanto, para resolver seus problemas de incontinência urinária, é importante reunir coragem para discutir o que você está experimentando, fornecer informações úteis para um diagnóstico e fazer as perguntas certas.

Superando o constrangimento

Se você tiver vergonha de consultar um profissional de saúde por causa de sua incontinência urinária, veja a seguir alguns fatos e dicas que podem motivá-lo a marcar uma consulta:

  • Os médicos são treinados para discutir e tratar uma ampla gama de problemas de incontinência e ter essas conversas faz parte de seu trabalho
  • Um problema oculto e potencialmente sério pode ser a causa da sua incontinência, por isso é fundamental entrar em contato com seu médico o mais rápido possível
  • Ir à consulta médica com informações detalhadas sobre o que você está experimentando pode tornar mais fácil falar sobre sua incontinência


Traga um diário da sua bexiga para a consulta médica

Uma das maneiras de ajudar sua equipe de saúde a entender o que está acontecendo com seu sistema urinário é mantendo um diário da bexiga. Um diário da bexiga é simplesmente um registro de:

  • Sua ingestão diária de alimentos e líquidos por horário e quantidade
  • Momento da micção e uma estimativa aproximada da quantidade de urina
  • Acidentes ou vazamento, incluindo quantidade, qualquer sentimento de urgência e o que você estava fazendo quando ocorreram
  • Quaisquer outras observações relevantes sobre sua experiência de incontinência

Esteja ciente de que existem vários tipos de incontinência urinária. Identificar o tipo correto é como um trabalho de detetive que depende de boas informações. Quanto mais detalhes você puder fornecer ao seu médico sobre sua incontinência, mais fácil será para ele fazer um diagnóstico preciso e prescrever um tratamento recomendado. Se você não tiver um diário da bexiga pronto, traga notas detalhadas para sua consulta.

Questionando o seu médico sobre sua incontinência urinária

Depois de superar qualquer constrangimento e preencher um diário sobre a bexiga ou fazer anotações, recomenda-se comparecer à sua consulta preparado com uma lista de perguntas. A conversa se concentrará em sua situação específica, mas veja a seguir algumas perguntas gerais que você pode fazer:

  • Qual é o meu diagnóstico? Que tipo de incontinência urinária eu tenho e o que está causando isso?
  • Você pode ajudar com minha incontinência ou preciso consultar um especialista?
  • Qual é o tratamento recomendado para o meu tipo de incontinência? O que vai acontecer se eu seguir sem tratamento?
  • Há alguma mudança na dieta, estilo de vida ou rotina de banheiro que você recomendaria?
  • Qual é o meu plano de longo prazo? O tratamento recomendado resolverá meus problemas de incontinência ou terei de continuar a lidar com ele?

Como acontece com qualquer problema médico, conversar com seu médico é um primeiro passo importante. Depois de superar qualquer apreensão, ir à consulta com informações e fazer as perguntas certas, você estará no caminho certo para resolver seus problemas de incontinência urinária.